Patos-PB, Domingo - 25 de Agosto de 2019

Notícias

Imprimir   

UPA de Patos ultrapassa 4 mil atendimentos mensais em plantões permanentes de 24 horas

A Unidade de Pronto Atendimento Dr. Otávio Pires de Lacerda (UPA-24h), localizada na parte Oeste da cidade de Patos, é um equipamento voltado ao atendimento de urgências e emergências em saúde, que funciona 24 horas ao dia, sete dias por semana, em sistema de “porta aberta”.
 

Devido ao grande fluxo de pacientes que procuram o serviço diariamente, a UPA de Campo da Liga, como é mais conhecida, vem ultrapassando a média de 4 mil atendimentos médicos mensais, a exemplo do último mês de maio desta ano.
 

Para que todos esses atendimentos sejam possíveis, a UPA conta com uma equipe multiprofissional formada por recepcionistas, enfermeiros, técnicos em enfermagem, assistentes sociais, biomédicos, fisioterapeutas, médicos, entre outros que se revezam diariamente.
 

Já os exames laboratoriais estão chegando à média de quase 2 mil procedimentos mensais. Os mais realizados são hemograma, colesterol, glicemia, tgo/tgp, troponina, dengue e diagnóstico de infarto.
 

A coordenadora geral da UPA, Kiev Henriques, considera que o empenho da equipe está mostrando resultados e cumprindo com a função de atender bem a população.
 

A senhora Dejaly Fernandes, moradora do bairro São Sebastião, contou que seus familiares costumam buscar atendimento sempre que necessário, e que novamente foi bem acolhida pela equipe, tendo em vista que retornou à UPA, desta com seu esposo que apresentava sintomas de infarto.
 

Em conversa com a assistente social Isabel Lacerda, a mesma informou que atua diretamente na abordagem aos pacientes, inclusive viabilizando os encaminhamentos necessários, tendo em vista que muitos casos são de competência das unidades básicas de saúde ou hospitais.
 

Isabel lembrou que os pacientes do SUS podem facilitar o acesso através do aplicativo oficial do Ministério da Saúde “Meu digiSUS”. O APP está disponível para os celulares Android e iPhones. Nele é possível visualizar os agendamentos de consultas e procedimentos realizados pelo cidadão na atenção básica, média e de alta complexidade.
 

Em que situações a pessoa deve se dirigir a uma UPA?
 

As pessoas devem buscar o atendimento nas UPAs em situações como cortes profundos e fraturas, sangramentos que não param, suspeitas de infarto e derrame, perda de consciência, aumento de pressão arterial, febre alta (acima de 39°), dores com início rápido e fortes, picadas ou mordidas de animais peçonhentos, desmaios e crises convulsivas.
 

Também é para a UPA que devem se dirigir as pessoas com doença já conhecida e diagnosticada, como hipertensão (pressão alta), diabetes e doenças cardiovasculares (como colesterol alto) que apresentaram alguma piora e, ainda, pessoas com fratura ou sangramento no dente que não para (neste caso, UPA JK).
 

O acolhimento dos pacientes segue um protocolo para que os atendimentos sejam priorizados de acordo com os níveis de risco que o paciente apresenta.  (HB)


Kiev Henriques – Coordenadora Geral da UPA

Isabel Lacerda – Assistente Social

Dejaly Fernandes – moradora do bairro São Sebastião

Miriane Medeiros – Enfermeira seletista

 

« Voltar