Patos-PB, Terça-Feira - 13 de Novembro de 2018

Notícias

Imprimir   

Setembro Amarelo tem roda de conversas com ACS e alunos de escolas.

Os profissionais da área de saúde mental do município de Patos continuam desenvolvendo palestras com Agentes Comunitários de Saúde dos Distritos Geo Administrativos (DGAs), dentro do mês de prevenção ao suicídio.
 

O objetivo é capacitar os profissionais para saber como lidar com as situações de casos relacionados ao tema.


Para a Coordenadora de Saúde Mental do município, Mariana Montenegro, as rodas de conversas são de extrema valia. “a gente percebe que os ACSs são o elo, a porta de entrada para que os problemas cheguem à atenção básica. Enntão conversamos sobre: o suicídio; os aspectos emocionais e o que eles trazem pra gente das Unidades de Saúde, já que são eles que estão nas casas das pessoas. Os ACS nos dão uma contribuição muito importante”.


Segundo o Ministério da Saúde, o suicídio é a terceira maior causa de mortes entre homens de 15 a 29 anos.


Desde 2011, a notificação de tentativas e mortes é obrigatória no país. Em média, 11 mil brasileiros cometem suicídio e oito mil tentam tirar a própria vida, por ano.


O Setembro Amarelo também está sendo desenvolvido nas escolas, através de Rodas de Conversas; e nesta quinta-feira, 13/09 acontece na Escola Rio Branco; já no dia 14/09, o evento será na Escola Estadual Monsenhor Manoel Vieira, às 10:00h da manhã.
  


Mariana Montenegro - Coordenadora de Saúde Mental Patos

 

« Voltar