Patos-PB, Segunda-Feira - 24 de Fevereiro de 2020

Notícias

Imprimir   

Secretário de Finanças explica como a gestão vem dando continuidade à coleta de lixo e ao mesmo tempo negociando com a Conserv

O secretário de Finanças da Prefeitura de Patos, Arnon Medeiros, explicou alguns pontos importantes no tocante à relação de contrato entre a gestão municipal e a empresa Conserv, prestadora de serviço na coleta de lixo do município.
 

Arnon explicou que a referida empresa acabou interrompendo a coleta de lixo devido a uma dívida no valor de R$ 1.800.000,00 (um Milhão e Oitocentos Mil Reais), que já se arrasta desde o governo de Dinaldo Filho.
 

Quando o vice Bonifácio Rocha assumiu como prefeito interino em agosto de 2018, o valor mensal pago à empresa era de 650 mil reais. Após um acordo feito com a empresa para limitar parte do serviço, este valor mensal caiu para 450 mil.
 

Impossibilitado de manter o pagamento de tal valor, houve um novo acordo para que fosse pago o valor diário de 25 mil, que ao final do mês gerava além dois 400 mil, mais 50 mil para abater na dívida anterior.
 

Já agora no governo do prefeito interino, Ivanes Lacerda, que está a menos de 50 dias no governo, o Tribunal de Contas determinou que a prefeitura cancelasse o pagamento diário.
 

Insatisfeita com essa medida e alegando dificuldade para honrar os compromissos, a Conserv resolveu interromper a coleta de lixo.
 

Diante do problema, o secretário Arnon Disse que o município não pode deixar que a coleta permaneça interrompida. Portanto, o município segue buscando acordo com a Conserv.
 

Caso não seja possível, a gestão municipal terá que contratar outra empresa em caráter especial e com respaldo jurídico para dar continuidade.
 

O secretário Arnon Medeiros ainda ressaltou que a cidade de Patos está vivendo um momento econômico difícil, com a prefeitura trabalhando mensalmente no déficit financeiro, uma vez que a arrecadação tem sido menor do que os gastos.
 

Apesar da economia já realizada pela gestão atual de Ivanes Lacerda, o secretário garante que a arrecadação sofreu perdas significativas.
 

Medida de urgência
 

Para minimizar os problemas com coleta de lixo, a Prefeitura de Patos, através da Secretaria Municipal de Serviços Públicos, adotou uma medida urgente e provisória com relação à coleta de resíduos sólidos nas ruas da cidade, com 5 equipes realizando o trabalho no centro, mercado, Belo Horizonte, Jardim Queiroz e Jatobá.


Coordecom 




Arnon Medeiros - Acordo com a Conserv
(Coleta de Lixo)

« Voltar