Patos-PB, Terça-Feira - 13 de Novembro de 2018

Notícias

Imprimir   

Secretaria do Meio Ambiente viabiliza projeto de limpeza do Rio Espinharas, em Patos

A Prefeitura de Patos, através da Secretaria do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SEMADS), está viabilizando o projeto de limpeza do Rio Espinharas, a partir da retirada de árvores em seu leito, depois de ter realizado um estudo da legislação com base no novo Código Florestal.

O secretário do Meio Ambiente, Silvio Alves Moreira, explica quais são as providências que estão sendo adotadas para autorizar a recuperação do rio. "Deve-se montar uma comissão de Defesa Civil com a Prefeitura, Corpo de Bombeiros e outros órgãos interessados, para quê tenha um representante, e esse representante  protocole aqui na Secretaria a autorização para realziar o projeto, pra gente dá resposta para essa autorização", explicou Moreira.

O assunto foi tema do discurso do deputado estadual Nabor Wanderley (PRB), na tribuna da Assembleía Legislativa da Paraíba (ALPB), nesta quarta-feira, dia 7, onde cobrou a limpeza do leito do Rio Espinharas. "O rio está tomado de algarobas, e caso não seja feita a limpeza, no período chuvoso trará grandes transtornos para a população", alertou o deputado. 

Uma reunião já havia sido realizada na semana passada,  entre a Secretaria do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Defesa Civil, Secretaria da Agricultura, Infraestrurua e Defesa Civil, onde foi iniciada a discussão da realização do projeto de limpeza do Rio Espinharas.

O Rio Espinharas nasce na Rua Alto Casteliano, no bairro Santo Antônio, a partir do encontro dos Rios da Cruz e Farinha, com uma extensão de 8km, na área urbana, até as proximidades do bairro do Matadouro. Sua extensão total, é de 82km, deseguando no Rio Piranhas, no município de Ipueira, no Rio Grande do Norte. 




SONORA - SÍLVIO MOREIRA - SECRETÁRIO MEIO AMBIENTE


 
« Voltar