Patos-PB, Quinta-Feira - 14 de Dezembro de 2017

Notícias

Imprimir   

Secretaria de Meio Ambiente intensifica fiscalizações em toda a cidade

A equipe de fiscalização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SEMADS) está dando continuidade aos trabalhos de inspeção em terrenos baldios particulares que acumulam lixo, podas drásticas e animais no matadouro Público.

 

Esse é um trabalho que vem sendo desenvolvido desde o início do ano pela secretaria com muita responsabilidade e cautela, onde os proprietários dos terrenos são notificados e orientados a providenciar a limpeza do local e, em seguida, o isolamento do espaço para que se evite a proliferação de mosquitos, aparecimento de animais peçonhentos e uso desse espaço para fins indevidos.

 

Em relação às podas drásticas também é feita uma notificação para o responsável pela poda e, em caso de reincidência, é aplicada uma multa por danos ao meio ambiente o que se agrava caso haja, também, o descarte em locais indevidos dos restos de árvores e a queima dos mesmos.

 

Para realizar uma poda é preciso que o proprietário do espaço onde se encontre a árvore entre em contato com a secretaria de Meio Ambiente para que a equipe de podas realize o procedimento, ou que o proprietário contrate um profissional particular que realize a poda de forma responsável sem lesar o meio ambiente.

 

No tocante aos animais no entorno do Matadouro Público, o próprio Ministério Público enviou uma ordem judicial proibindo a criação de animais naquele local. As Secretarias de Meio Ambiente e Agricultura já realizaram vários trabalhos de conscientização junto aos proprietários, alguns atenderam aos pedidos da justiça, mas outras pessoas ainda continuam usando aquele lugar como criadouro.

 

Os animais que ainda se encontrarem no entornam do matadouro serão apreendidos e os currais terão que ser demolidos, os proprietários também receberá uma multa por descumprimento da lei.

 

O fiscal da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Wendel Maciel, disse que em todas as ações desenvolvidas pela equipe de fiscalização da SEMADS o procedimento é o mesmo.

 

“De imediato a gente chega até o local, nos identificamos, relatamos o motivo da fiscalização e fazemos um trabalho educacional e pedagógico que é a notificação e, feita essa notificação, caso a pessoa seja reincidente vai ocorrer um processo administrativo, que é o auto de infração e será aplicada uma multa”.

 

(TL)

 

Fala do fiscal da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Wendel Maciel

« Voltar