Patos-PB, Segunda-Feira - 24 de Fevereiro de 2020

Notícias

Imprimir   

Prefeitura de Patos consolida a reativação do Conselho Municipal Antidrogas dando posse aos novos conselheiros

Como parte da nova política educativa sobre drogas que o governo municipal está empreendendo em parceria com diversas entidades públicas e privadas, além da sociedade civil organizada, a Prefeitura Municipal de Patos, consolidou a reativação do Conselho Municipal Antidrogas - COMAND, dando posse aos novos conselheiros.

A solenidade aconteceu na manhã desta sexta-feira (07), que teve a mesa composta pelo Prefeito interino Ivanes Lacerda, o secretário executivo de Articulação Social, Deusimar Guedes, e representando o Poder Legislativo Municipal, o vereador Capitão Hugo.

Além de boa parte das secretarias municipais que tenham conexão com a temática, o novo corpo de membros do conselho também é composto por representantes das Polícias Federal, Rodoviária Federal, Militar e Civil, do Corpo de Bombeiros Militar, da UFCG, Operação Resgate, STTRANS, Associação Comercial, UAC, Tiro de Guerra 07-002, GIAASP, Gerências Regionais de Ensino e Saúde do Estado, OAB, Ação Social Diocesana de Patos, SESC, Rotary Clube de Patos, ABENAL, UNIFIP e Universidade Estadual da Paraíba.

O Prefeito Ivanes ressaltou que após a reativação do COMAND, só haverá resultado concreto quando a sociedade se inserir de fato no processo de combate as drogas através da educação.

"É importante por conta do cerscimento no que pese a tantas políticas públicas desenvolvidas no combate as drogas, mesmo assim, há um avanço exponencial, então, a reformulação do conselho é um trabalo do Secretário Executivo de Articulação Social, visando dar celeridade ao conselho. A dependência química é uma doença que nós precisamos previní-la com ações educativas, e é necessário que a sociedade se insira nesse processo de política pública, pois não à ação sem que haja a participação da própria sociedade".

Já o Secretário de Articulação Social, Deusimar Guedes, afirmou que o conselho tem a função principal de integrar os diversos segmentos da sociedade civil organizada com o poder público.

"Nós temos aproximadamente 27 instituições particpando, onde quase a metade é do poder público e a outra da sociedade civil. As principais secretarias governamentais que têm um link com o tema estão presentes a exemplo de educação, saúde, desenvolvimento social, esporte, já da sociedade civil vai estar entidades a exemplo do Rotary, OAB e as igrejas de crenças diversas, então, essa heterogeneidade participativa é o que certamente dará o sucesso da nossa campanha".

Para o vereador Capitão Hugo, o Conselho terá que ouvir a sociedade, se reunir, procurar propostas e soluções, pois não é só em Patos, as drogas é um grande problema social que está destruindo famílias em todo o mundo.

"Precisamos realmente efetivar, fazer com que o Conselho venha a se reunir, procurar propostas, ouvir a sociadade, e buscar soluções, porque sabemos que não é só em Patos, não é só na Paraíba, e sim um grande problema social que está destruindo as famílias. A partir de agora venha buscar soluções para tão grande problema que existe no nosso município".

Após a posse dos novos membros do Conselho Municipal Antidrogas, aconteceu a primeira reunião para a eleição da diretoria, que escolheu Ilva Lacerda da Secretaria de Desenvolvimento Social, como Presidente e o agente de trânsito, Antônio Coelho como vice presidente.

Coordecom

Fala do Prefeito interino Ivanes Lacerda


Fala do Secretário de Articulação Social, Deusimar Guedes


Fala do Vereador Capitão Hugo


 
« Voltar