Patos-PB, Segunda-Feira - 18 de Novembro de 2019

Notícias

Imprimir   

Prefeito interino assina ordem de serviço da reforma e ampliação do Estádio José Cavalcanti

O prefeito interino de Patos, Ivanes Lacerda, assinou, nesta terça-feira, dia 05 de Novembro, a Ordem de Serviço para reforma e ampliação do Estádio José Cavalcanti, em Patos. A solenidade contou com a presença de vereadores, secretariado, representantes dos times profissionais e amadores de Patos, imprensa e amantes do desporto. A obra é realizada pela empresa CBA, de João Pessoa, vencedora da licitação. 

A primeira etapa da obra cujo valor é de R$ 975.000,00 contemplará as seguintes intervenções: Reforma nas suas entradas e bilheterias; Rampas de acessibilidade e piso podotátil; Pintura; Demolição dos bancos reserva existentes para a construção de novos bancos mais modernos; Ampliação da arquibancada por trás do gol; Novo alambrado em parte do muro por trás do gol; Construção de salas para lojas no espaço abaixo da arquibancada por trás do gol; Reforma dos banheiros e lanchonetes existentes; Construção de uma nova entrada/bilheteria para os torcedores visitantes; Por fim, uma nova pavimentação em toda a área de circulação dos torcedores em blocos intertravado. 

O prefeito interino comemorou o início da obra que representa uma inovação para o desporto patoense.

“O desporto patoense está em festa por ser contemplado com uma reforma no Estádio Municipal José Cavalcanti que foi inaugurado em 1964, passou por reforma em 2008, no governo Nabor e agora, pela dedicação do deputado Hugo Motta dedicou recursos para que pudéssemos fazer reforma em duas etapas para que pudéssemos oferecer ao desporto de Patos, à cultura, um equipamento compatível com o prestígio de Patos no cenário esportivo nacional”, celebrou Ivanes.

Já Miguel Félix, presidente da Liga Patoense de Futebol, destacou que a reforma no local já se fazia necessário e que representa o engrandecimento para o futebol de Patos.

“De suma importância para o engrandecimento para o futebol de Patos. Já se fazia necessário até pelo próprio engrandecimento pelo próprio engrandecimento populacional, a cidade já não é a mesma. Então, o Nacional e o Esporte, com essa reforma, eu tenho certeza que quem vai ganhar com isso não é só os clubes, é o torcedor de um modo geral”, afirmou Miguel que iniciou sua carreira como gandula e maqueiro no gramado do JC.

Dário Leitão, presidente do Conselho Deliberativo do Esporte Clube de Patos, diz sentir feliz e grato pelo início da obra. “A sensação é de gratidão e de felicidade. Vai trazer, de uma forma concreta e efetiva, a união dos Clubes de Patos”, disse.

 Paulo Marinho, Secretário de Esporte e Turismo, tranquilizou os atletas com relação aos campeonatos que estão em andamento, como o campeonato das paróquias, Campeonato da Liga Patoense de Futebol, pois, o gramado não será interditado.

De acordo com o Secretário de Infraestrutura, Nilton Domiciano, a obra tem a contrapartida do município no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais), totalizando R$ 985.000,00.

“É uma obra marcante para o município e esperamos que dentro do prazo possamos executá-la, pois é um prazo de 210 dias”, disse.

A segunda etapa da obra do José Cavalcanti já está garantida. Ela é fruto da emenda do deputado federal Hugo Motta. Esse estágio da reforma contemplará a cobertura da arquibancada sol, alambrado por trás do gol, reformulação dos vestiários, cabine de imprensa, iluminação de LED.

Coordecom
« Voltar