Patos-PB, Sábado - 14 de Dezembro de 2019

Notícias

Imprimir   

Em um ano STTRANS diminui as multas em 50%

A Superintendência de Trânsito e Transporte Público de Patos - STTRANS, através do Núcleo de Educação Para o Trânsito, tem notado que após um trabalho continuado nas ações de Educação para o Trânsito, o número de notificações de autuações das infrações de trânsito, tem diminuído.
Fazendo um comparativo entre 2018 e 2019, as autuações de infrações de trânsito pela STTRANS diminuíram 39,51%.

No tocante as autuações do DETRAN, a redução chegou a 57,7% também no comparativo dos primeiros oito meses do ano anterior. Sendo 5.373 autuações de janeiro a agosto de 2018 e 2.273 autuações de janeiro a agosto de 2019, conforme dados do DENATRAN.

Dados estatísticos fornecidos pelo Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN) revelam 16.907 infratores de trânsito autuados pela STTRANS. Esse número representa aumento de 323,20% em relação ao ano de 2017, que foi de apenas 3.995. Para o coordenador Antônio Coelho a política administrativa da gestão de 2018 era claramente voltada às autuações, pois somente no mês de agosto as notificações de autuações representaram 76,8% de todo o ano de 2017.

A fiscalização do trânsito é essencial para o cumprimento das normas e a ordem nas vias públicas, mas quando se tem a educação e engenharia ativa e paralelamente ao setor de fiscalização surge redução dos acidentes de trânsito e redução também na quantidade de pessoas penalizadas por multas de trânsito.

“Com um trabalho sistemático da educação para o trânsito e uma boa atuação da engenharia e sinalização viária, juntamente com os agentes da fiscalização, o resultado é diminuir acidentes de trânsito e também as penalizações no trânsito. Temos que destacar quando o trabalho tem seus resultados em números exatos e positivos. No primeiro semestre deste ano caiu 20% o número de pessoas lesionadas no trânsito registrados pelo SAMU, a diminuição das autuações de infrações foi de 39,51% pela STRANS e 57,7% pelo DETRAN, respectivamente, nos dados me apresentados pelo DENATRAN”, disse Coelho.


FALA DE ANTÕNIO COELHO - COORDENADOR DO NÚCLEO DE EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO
« Voltar